Notícias

Notícias

Panetone: delícia das festas de fim de ano já é encontrada no Mateus

A meta deste ano é produzir 180 mil unidades de panetone que serão distribuídas em todas as lojas do Grupo Mateus.

Publicado em:11/10/2018

Delicioso bumbatone sabor frutas cristalizadas

O panetone tradicional com frutas cristalizadas você já conhece, não é mesmo? E o de chocolate? Uma delícia! Ele deixa as comemorações de fim de ano muito mais saborosas. E que tal um panetone diferente que alia sabor e inovação sem deixar de lado a tradição? Tudo isso pode ser encontrado no “Bumbatone”, o panetone fabricado na Bumba Meu Pão, indústria de pães do Grupo Mateus.

Este ano, o produto está de cara nova e com o sabor ainda mais apurado. “O Bumbatone ganhou algumas inovações e já está agradando. A embalagem está mais atraente e se destacará ainda mais nas prateleiras. Além disso, outra novidade é o sabor. A massa mais fresca, fofa e úmida dá uma experiência ainda melhor para quem não resiste ao produto”, explica o chef Buiú, da indústria de pães. E as novidades não param por aí. No próximo mês, estarão disponíveis os Bumbatones de sabores salgados. E, em dezembro, será a vez de o sabor trufado chegar aos supermercados.

O resultado é um sabor inconfundível, agradável e natural. Isso porque o Bumbatone tem o prazo de validade menor e, por isso, utiliza menos conservantes industriais, ficando impossível sentir qualquer sinal de amargor, às vezes encontrado em outros panetones.

São duas unidades de fabricação, uma em São Luís e outra em Imperatriz, com 500 funcionários trabalhando de forma contínua para não deixar faltar Bumbatones nas mesas de maranhenses e paraenses neste fim de ano. “Nossa meta é produzir 180 mil unidades para serem distribuídas para as lojas do Maranhão e do Pará. O nosso principal diferencial, além da qualidade e do preço, é o amor com que todos os nosso produtos  são produzidos”, comentou Leandro Ortegal, gerente-geral de panificação do Grupo Mateus.

PANETONE

Existem várias lendas a respeito do surgimento do panetone, porém a mais conhecida é a que aconteceu na cidade de Milão, no século XV, quando um jovem de família rica se apaixonou por uma plebeia, filha de padeiro.

O pai da moça não aceitava o namoro e o rapaz, para se aproximar da jovem e mostrar ao pai dela que era uma pessoa de bem, disfarçou-se de padeiro e foi trabalhar em sua padaria como auxiliar. Passado alguns dias, resolveu criar um pão diferente, doce, misturando frutas cristalizadas.

O pão ficou conhecido por ser muito gostoso e por sua forma diferenciada, copiando a cúpula de uma igreja.

Como o pão fez muito sucesso, o jovem passou a divulgá-lo como uma invenção do Sr. Toni, o pai da moça, ficando conhecido como Pão do Toni, que em italiano é dito “pane del Toni”, passando à panetone.


NOTÍCIAS