Notícias

Notícias

Organização Mundial de Saúde recomenda consumo anual de 12 kg de peixe por pessoa

Melhor ainda se o prato for uma dica de Chef: aprenda a fazer uma deliciosa costelinha de tambaqui empanada!

Publicado em:07/02/2019

Melhor do que comer peixe é comer um prato famoso, à base de peixe: Costelinha de tambaqui empanada. Aprenda!

Quantas vezes por semana você come peixe? A OMS – Organização Mundial de Saúde – recomenda que cada brasileiro consuma uma média anual de 12 quilos do alimento. “Traduzindo, isso equivale a 1 quilo por mês, ou 250 gramas por semana. Dessa forma, se cada família preparar uma refeição à base de peixe uma vez por semana, já estará em acordo com o que preconiza a OMS”, calcula Fernanda Santana, nutricionista do Grupo Mateus.



 

Aliás, essa é exatamente a estratégia do casal Tiago Paes e Ana Paes. Nenhum dos dois dispensa o pescado da semana. “Nós sabemos da importância de estar sempre consumindo peixes, por isso que antes de acabar já voltamos ao supermercado para comprar novamente”, revelam.



 

Com um extenso litoral, o Brasil foi responsável, só em 2015, pela produção de mais de 483 mil toneladas de peixe, segundo o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pena que, mesmo com uma produção tão farta, o peixe ainda não seja a preferência de grande parte dos brasileiros. Na média estimada pela própria OMS, no Brasil, cada pessoa consome pouco mais de 9 quilos por ano.

 

E por que será que comer peixe é uma recomendação tão importante? Simples: os peixes, de um modo geral, são pouco calóricos, além de ricos em minerais e proteínas. "O peixe é uma das principais fontes de proteínas. Ele contém aminoácidos como a leucina, necessários para o crescimento e a manutenção de nosso organismo. Peixes são também fontes importantes de ferro, vitaminas A e do complexo B, cálcio, além de auxiliar na prevenção de doenças cardiovasculares", destaca Fernanda.



 

Além de todos os benefícios, a nutricionista chama atenção para a baixa caloria que há nos pescados. “A gordura presente no peixe é considerada de melhor qualidade, são chamadas gorduras poli-insaturadas. Além disso, a carne possui menor quantidade de compostos fibrosos, como os nervos presentes na carne vermelha, então por isso se torna um alimento que ajuda no processo digestivo e evita transtornos como a azia e a má digestão”, completa a especialista.

 

Aproveitando que o fim de semana já está bem aí...

 

Que tal já ir adiantando as compras para o almoço de família? Hoje, o Chef Luciano Rosa, responsável pela gastronomia do Grupo Mateus, ensina o preparo de uma receita que, de tão apreciada e querida, foi apresentada por ele no concurso que o elegeu Embaixador da Gastronomia Maranhense: a deliciosa costelinha de tambaqui empanada.



 

COSTELINHA DE TAMBAQUI EMPANADA

 

Ingredientes

 

-1 de costelinha de tambaqui, com cerca de 15 cm

-2 limões

-1 dente de alho

-2 claras de ovo

-Pimenta a gosto

-Sal a gosto

-Farinha de trigo

-Farinha de rosca ou coco desidratado ralado

Lembrando que todos os itens desta receita podem ser encontrados com preços acessíveis em qualquer uma das lojas do Grupo Mateus.

 

Modo de preparo

 

Em um recipiente, adicione as costelinhas de tambaqui, os limões, o alho, a pimenta e sal a gosto. Misture tudo e deixe descansar por 2 horas para absorver o tempero.

Após marinar, pegue as costelinhas já temperadas e passe na farinha de trigo. Depois mergulhe as costelinhas nas claras e em seguida passe na farinha de rosco ou, se preferir, no coco desidratado ralado.

Com o óleo quente, frite as costelinhas empanadas. Deixe escorrer e organize em uma bandeja.

Para acompanhar o prato, prepare um molho com tomate, manjericão, creme de leite e, se optar por deixar o acompanhamento ainda mais refinado, adicione um pouco de vinho branco e misture até atingir uma textura homogênea. Receita pronta, é hora de chamar a família e saborear a Costelinha de Tambaqui empanada feita por você!

 

NOTÍCIAS