Notícias

Notícias

The Beatles: conheça a influência da banda nas comidas vegetariana e vegana

Publicado em:26/06/2019

Ultrapassar a barreira do tempo e do espaço pode estar entre os grandes desafios da humanidade. Mas não para aquela que é considerada por muitos a maior banda de todos os tempos: The Beatles. Com 13 discos de estúdios lançados ao longo de oito anos – há mais de 50 anos – John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr são até os dias atuais fonte de influência musical e comportamental para todas as gerações, nos quatro cantos do mundo. Eles revolucionaram a música, a moda, os costumes e causaram um impacto imenso na cultura do século XX. E continuam sendo referências importantes no século XXI.

Ouvir as músicas do grupo é uma verdadeira viagem no tempo e já imaginou sair da influência musical para a mesa? Isso mesmo, proporcionando uma experiência gastronômica única aos fãs da banda, o Atelier DON’ANNA, através do Grupo Mateus, realizou nesta terça-feira (25), o curso de comidas veganas inspiradas na discografia dos Beatles. 

O curso, ministrado pelo ex-monge e chef de cozinha, renomado em comida vegana, Gopa Kumara, contou com pratos inspirados na época que os Beatles eram próximos aos monges dos mosteiros da Sociedade Internacional para Consciência de Krishna (ISKCON), na Inglaterra. Segundo o chef, alguns integrantes da banda são ativistas em defesa dos animais e aderiram à alimentação vegetariana. “Era o local onde eles cantavam os mantras indianos e ao final desses encontros, os monges serviam diferentes pratos vegetarianos aos artistas”, contou o chef. Durante o curso, o chef Gopa ensinou quatro receitas indianas, todas com base no que era servido naquela época, em que os Beatles frequentavam ISKCON. 

A funcionária pública, Valéria Duarte, há seis meses aderiu à alimentação vegana e não perdeu a oportunidade de fazer o curso, além de ser fã da banda Beatles. Segundo ela, a maior causa para aderir a esta alimentação foi o amor aos animais, e ajudar diminuir os impactos ambientais. “A gente não é acostumado a dar protagonismo para os vegetais, eles são coadjuvantes, o protagonista é a carne. O curso me ajudou aprender novas receitas, novos sabores, aprendendo com uma pessoa que entende muito, o chef  Gopa”. Ela destacou a principal causa. “Eu tenho amor pelos animais, por gatos e cachorros, mas também pelas galinhas, peixes, vaquinhas. Como vou continuar comendo eles? Hoje, eu não consigo comer um prato de carne sem pensar que houve uma morte, por trás daquilo. Eu gosto muito dos Beatles, eles influenciaram a minha vida, às suas canções. Mas não me surpreende de serem vegetarianos, pois as músicas vêm de uma sensibilidade muito grande, eles mencionam os animais nas letras. Posso dizer que fiquei mais fã”, ressaltou.

O estudante e adepto a alimentação ovolactovegetariana, Luiz Pedro Masson, diz ser super fã dos Beatles desde os quatro anos de idade, quando ganhou um CD de sua mãe. Desde então, a paixão só aumentou pela banda. Segundo ele, os Beatles influenciam gerações não somente na música, mas em comportamentos e hábitos.  Ele recordou o episódio chamado "Lisa, a Vegetariana" da sétima temporada de “Os Simpsons”, que foi ao ar em 1995, que teve a participação de um dos convidados mais importantes da história da série, o Paul McCartney.

 “No capítulo, Lisa decide se tornar vegetariana e é ridicularizada por toda a sua família, mas apoiada por Paul e Linda McCartney (também uma convidado especial), atualmente Lisa Simpsons é vegetariana, então percebemos nitidamente a influência dessa banda, eles marcaram uma geração e não ficaram somente naquela época, mas até os dias de hoje”.

A cozinheira, Letícia Guilhon, não aderiu nem a alimentação vegetariana e nem vegana, mas viu o curso como oportunidade de aprender mais e se aprimorar na profissão.  “Eu gosto de receitas veganas e vegetarianas, mas não aderi essa dieta, mas é sempre bom aprender, pois ajuda na minha profissão. Minha sogra é vegetariana e ela me convidou a participar do curso, então vou preparar essas receitas no almoço de domingo com a família toda reunida”.

Confira a receita.

Dhal de ervilha (sopa)

Ingredientes:

500g de ervilha seca partilhadas (ou lentilhas) já pré cozida com folho de louro;

200g de cenoura e batata juntas cortadas em cubos pequenos;

 2 colheres de gengibre ralado;

1 colher de sementes de mostardas;

2 tomates cortados em cubos pequenos sem sementes;

1 colher de sementes de cominho em grãos;

1 pimentão cortado em cubos pequenos;

2 pimentas de cheiro;

Azeite de oliva ou óleo vegetal;

Um maço de cheiro verde;

Preparo

Em uma panela aquecer de óleo vegetal dourando as sementes de mostarda e as de cominho. Deixar por dois minutos, ou iniciei a estourar. Em seguida o gengibre, deixe  por uns três a quatro minutos, junte na sequência os pimentões, e as pimentas de cheiro, deixando refogar por mais uns três minutos, agora os tomates junte a esse tempero as ervilhas e os legumes. Deixe cozinhar e use sal a gasto, finalize com cheiro verde bem picado. Então, é só servir a sopa  podendo ser acompanhada de pão ou torrada.



NOTÍCIAS