Notícias

Notícias

Dia da Pizza: comemore comendo várias fatias

Publicado em:10/07/2019

Difícil é encontrar quem não gosta de pizza, a variedade de receitas é de dar “água na boca”, do doce ao salgado, o quê não faltam são opções agradando muitos paladares. Hoje, 10 de julho, comemora-se o Dia da Pizza, a data surgiu a partir de um concurso em São Paulo para eleger as melhores receitas no estado, no encerramento do evento, a data foi oficializada para a comemoração.

No começo da sua trajetória cultural, a pizza contava somente com o acréscimo de ervas da região e do tradicional azeite de oliva, comuns neste prato em seu formato convencional. Os italianos levaram a fama por adicionar o uso do tomate – recém-chegado da América pelas mãos dos espanhóis -, que se tornaria essencial na confecção desta iguaria. Restava à pizza conquistar seu formato definitivo, pois ainda era produzida como o atual calzone e o sanduíche, ou seja, dobrada ao meio.

Esta iguaria da gastronomia italiana foi amplamente difundida em meados do século XIX, em 1889, graças à habilidade do primeiro pizzaiolo da história, dom Raffaele Espósito, um padeiro de Nápoles a serviço do rei Umberto I e da rainha Margherita, a quem ele homenageia ao confeccionar uma pizza imitando as cores da bandeira italiana, branco, vermelho e verde, utilizando para isso mussarela, tomate e manjericão, produtos que lhe permitiam obter as colorações desejadas.

A pizza desembarcou no Brasil através dos imigrantes italianos, celebrizando o bairro paulista do Brás, onde se concentrou grande parte deles na cidade de São Paulo. Até 1950 este prato se restringia mais aos círculos italianos, mas a partir deste momento ela se disseminou por todo o país, tornando-se logo um elemento cultural brasileiro.

Atualmente, o Brasil produz um milhão de pizzas por dia, segundo dados da Associação de Pizzarias Unidas de São Paulo. Deste número, mais da metade é consumida no estado: 572 mil. Ainda de acordo com o levantamento, em todo o país são gastos mais de R$ 22 bilhões com o alimento. São Paulo é a segunda cidade que mais come pizza no mundo. Ela só perde para Nova York, nos Estados Unidos, ainda de acordo com a associação.

No Maranhão, esse prato não passa despercebido, ganhou uma receita toda especial, a “Pizza Mateus”, em homenagem ao grupo Mateus. Os principais ingredientes são: bacon, calabresa e queijo catupiry. No Spazio Cohama, a mais pedida e querida, segundo o chef e pizzaiolo, Joab Louzeiro, é ela mesmo: a pizza Mateus. Depois, vem a calabresa.

No Spazio Mateus Cohama, no restaurante Cuore, toda segunda-feira, há rodízio de massas, com a “Noite Italiana”, com mais de dez tipos de pizzas, das 18h às 22h. “Na Noite Italiana sempre há uma variedade de pizzas e as pessoas fazem muitos pedidos para pizza Mateus, até porque os ingredientes agradam diversos paladares. É um sucesso e ficamos felizes das pessoas gostarem das pizzas e do ambiente”, contou Louzeiro.

O casal, Paulo Costa e Daiana Freitas, sempre vêm ao rodízio de massas, mas o que eles mais amam é a pizza. “Eu gosto muito de pizza e a minha preferida é de calabresa, gostei demais desse rodízio há uma diversidade e sabores diferenciados, muito bons e de qualidade”, disse a enfermeira Daiana Freitas.


O Paulo, esposo de Daiana, contou que adora a combinação do ambiente do Spazio com a pizza. “Gostamos muito desse ambiente, uma boa música, lugar agradável para conversar e comer pizza. Muito bom esse espaço e a pizza é uma delícia”, afirmou.

Pizza em Dobro no Dia da Pizza no Spazio Mateus

Além da “Noite Italiana”, com rodízio de massas, outra oferta especial para quem deseja uma boa pizza é a Quarta e Domingo, pizza em dobro. O cliente pode comprar uma pizza calabresa, portuguesa ou Mateus e leva outra do mesmo sabor. Disponível no Spazio das lojas Cohama, Renascença e Calhau por apenas R$ 34, 90. Então, como o dia da pizza, é nesta quarta-feira (10), aproveite comendo várias fatias em dobro. Dia da Pizza: comemore comendo várias fatias.



NOTÍCIAS