Notícias

Notícias

Burrata: uma entrada de dar água na boca

Segunda edição do projeto “Entre Vinhos” é marcada pela cremosidade da muçarela de búfalo.

Publicado em:15/08/2019

Vai receber alguém em casa? Que tal um prato de entrada leve, fácil de preparar e ao mesmo tempo sofisticado? A sugestão é servir uma burrata, que é um queijo feito a partir de leite de búfala. “Trata-se de uma bola de muçarela produzida à mão, recheada com creme fresco de leite de búfala e tiras de muçarela desfiadas, o que o torna muito cremoso e com características únicas de aparência, sabor e textura”, explica Adson Araújo, chef e gerente de qualidade da marca DiBufalo.

Surpreendente ao paladar, a Burrata foi a grande atração da segunda edição do projeto “Entre Vinhos”, realizado pelo Spazio Mateus, nas adegas da Cohama e Renascença. Nesta edição, o evento contou com a presença do representante da distribuidora DiBufalo,  Felipe Moraes, que apresentou o preparo artesanal da iguaria. “Somos o único laticínio do Brasil com selo de exportação para os Estados Unidos e um dos poucos no país com selo de pureza da ABCB — Associação Brasileira de Criadores de Búfalo — por isso estamos apresentando ao público maranhense o preparo artesanal das mais diversas formas da Burrata, a escolha de cada ingrediente e mostrando os processos que tornam nosso  produto único e especial”, ressaltou o representante.

Para harmonizar com os quatro pratos preparados a partir da Burrata, a sommelière e gerente comercial do Spazio Mateus, Raquel Aciole separou quatro diferentes espumantes. “Nosso objetivo foi mostrar a versatilidade da muçarela de búfalo, misturando com doces, salgados e saladas e harmonizando tudo isso com os espumantes. Mostrando que uma bebida simples, como o espumante pode entrar nessas três categorias de harmonizações”, explica.

Fã de espumantes, vinhos e queijos a pedagoga, Adriana Oliveira não perdeu a oportunidade de descobrir como era feita a famosa Burrata. “A gente consume as coisas e não sabe como são feitas. Eu, por exemplo, sou uma gente apreciadora desse prato, mas nunca tive a oportunidade de saber como é feito e hoje estou aprendendo. A proposta de harmonizar a burrata com os espumantes também é fantástica e proporciona pra gente uma verdadeira viagem gastronômica”, afirma a pedagoga.

Harmonizações

Entre conversas e muita música boa, foram apresentados quatro pratos. Na entrada, o escolhido foi o “Boas-Vindas” harmonizado com o espumante da Casa Perini, Demi-sec, de 1929.

A segunda proposta foi a “Salada Tropical”, o melado de cana e o sabor marcante das folhas harmonizaram perfeitamente como  o espumante de marca própria do Spazio, Brut Blanc.

A terceira combinação foi a “Burrata recheado com creme de leite” acompanhada pelo presunto Jamón. A harmonização ficou por conta do espumante Brut rosé, também da Casa Perini.

Já a última harmonização levou os participantes a degustarem a versatilidade do queijo com os doces. Nessa degustação o espumante Moscatel blanc, também de marca própria do Spazio, foi a grande atração.    

NOTÍCIAS