Notícias

Notícias

Grupo Mateus promove curso de Libras para colaboradores

Parceria com o Centro de Atenção ao Surdo visa aprimorar a comunicação com colaboradores portadores da deficiência

Publicado em:16/04/2018

Curso visa capacitar colaboradores para melhorar a comunicação com deficientes auditivos

 

O setor de Responsabilidade Social do Grupo Mateus deu início esta semana ao 1° Curso de Iniciação em Língua Brasileira de Sinais (Libras) para seus colaboradores. Com duração de 40 horas, o curso capacitará 30 funcionários sem deficiência e que têm contato direto com os 145 colaboradores surdos. 

Depois da deficiência física, a deficiência auditiva figura como a mais comum entre os colaboradores do Grupo Mateus, que tem uma política de inclusão bem atuante. “Nossa missão é incentivar a verdadeira igualdade, valorizando a relação da boa comunicação e a individualidade de cada um”, destaca Lucidalva Pinheiro Araújo, coordenadora de Responsabilidade Social. 

As aulas acontecem sempre às segundas, das 8h às 12h, até o dia 11 de junho. Entre os inscritos para esta primeira turma estão colaboradores de áreas como Recursos Humanos, saúde, assistência de loja e administrativo. Marília Fernandes está fazendo o curso e acredita que a capacitação irá proporcionar melhor interação no desenvolvimento de atividades com os colaboradores que possuem a deficiência auditiva. “É uma oportunidade significativa que o Grupo Mateus oferece aos seus funcionários, investindo em capacitação e inclusão, visando o crescimento de todas as áreas da empresa”, assegura a analista de Responsabilidade Social. 

  O curso faz parte do Projeto Libras na Mão e acontece com a parceria do Centro de Ensino de Apoio à Pessoa com Surdez (CAS), vinculado à Secretaria Estadual de Educação (Seduc), para cumprir com a meta de agente difusor de Libras no Maranhão, por ocasião dos 10 anos de sua oficialização. 

As instituições interessadas no curso se encarregam de recrutar os alunos, ceder o espaço, recursos tecnológicos para a realização das aulas e encaminhar ofício de solicitação para o CAS, que disponibiliza professores surdos e ouvintes para ministrarem as aulas. 

A surdez é a perda maior ou menor da capacidade natural para ouvir os sons e está classificada em leve, moderada, severa e profunda. Sua existência impede a pessoa de adquirir naturalmente a língua oral de seu país, provocando prejuízos à comunicação. 

Essa condição, no entanto, possibilita aos surdos o desenvolvimento e a habilidade para a comunicação gestual através de uma língua que lhe é natural. A Língua Brasileira de Sinais (Libras) foi reconhecida em 24 de abril de 2002, por meio da Lei Federal de Nº 10.436/02, feito que tem proporcionado às comunidades surdas muitas conquistas e avanços.

NOTÍCIAS